Bíblia do Caminho Seção Temática

Homenagem espírita


Confira as três seguintes citações de ALLAN KARDEC



Essa compilação em desenvolvimento (v. Informações sobre a Bíblia do Caminho), iniciou-se em 28 de setembro de 1980 vindo a público em 18 de abril de 2007; ela tem por objetivo facilitar o acesso às informações contidas nas obras que compõem a Doutrina Espírita. Há 150 anos, em 18 de abril de 1857, com a publicação de “O Livro dos Espíritos” Allan Kardec lançou a pedra fundamental do Espiritismo Cristão (leia as citações acima) e neste 18 de abril de 2007, nós, os espíritas cristãos, homenageamos todos aqueles que contribuíram para que a “Bíblia do Caminho” viesse a lume: Os profetas do passado, os evangelistas, os epistológrafos, os mártires do Cristianismo nascente e da Reforma, o Codificador do Espiritismo, o médium Francisco Cândido Xavier assim como os Espíritos que por ele deixaram suas mensagens; e, especialmente nosso líder máximo: NOSSO SENHOR JESUS CRISTO e sua mãe amantíssima Maria que deu corpo ao Filho Unigênito de Deus. (Jo) — Que Ele seja louvado!


Konrad Jacques  

(RG. M-775.659 SSPMG.)           


E haverá ali uma vereda e um caminho, que se chamará o caminho santo, não passará por ele o impuro, e este será para vós um caminho direito, de sorte que por ele andem os loucos sem se perderem. — Isaías (Is)



Nota: Vide interessante profecia de Zacarias sobre um grande livro volante (nalgumas traduções rolo voador), com 20 côvados de comprimento e que haveria de aparecer no final dos tempos. Por pura coincidência numerológica, esse livro virtual onde as páginas são roladas na tela possui pouco mais de 20 mil arquivos, ou capítulos correspondentes, nas suas várias seções. Isso pode ser um indício de que as obras compiladas por Allan Kardec, assim como as psicografadas por F. C. Xavier, vistas em conjunto, faziam parte de um projeto divino muito antigo, endereçado pelo profeta para os tempos modernos, e que Jesus referendou quando nos prometeu: (Jo)  “Se me amais, guardai os meus mandamentos, e eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique eternamente convosco…” Conforme veem a coisa faz sentido.


.

Abrir