Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Saudação do Natal — Autores diversos


12


O melhor companheiro

1 É aconselhável que a justiça fale pelo dinheiro, toda vez que o dinheiro seja relegado ao banco dos réus.

2 Possivelmente, malfeitores terão perpetrado crimes para agarrá-lo; não se esqueça, porém, de que ele representa o reconforto e a segurança para milhões de pais de família, nas horas de mais torva necessidade.

3 Talvez para amontoá-lo, mercadores astutos fazem o comércio de entorpecentes, que escravizam espíritos invigilantes em costumes viciosos; mas ninguém olvide que ele constitui a inspiração para milhões de pessoas que procuram manejá-lo com sensatez.

4 Decerto que, a fim de explorá-lo, traficantes da ilusão levantam casas de prazer inútil, em que tantos companheiros aniquilam o tempo e a vida; impossível, no entanto, desconhecer que ele auxilia a construir universidades e fábricas onde milhões de criaturas aprimoram a inteligência e engrandecem o trabalho.

5 Atraídos pelas facilidades que ele proporciona, aventureiros tentam induzi-lo aos labirintos da crueldade e da calúnia; razoável lembrar, contudo, que nele se expressa a alavanca providencial em que se escoram milhões de irmãos em dificuldades, para não descerem ao abismo do descrédito e da insolvência.

6 Avarentos infelizes tê-lo-ão trancado, transitoriamente, no intuito de furtá-lo ao progresso; em momento algum, todavia, será lícito ignorar-lhe a missão sublime nas mãos dos seareiros da fraternidade, erguendo lares, escolas, abrigos e hospitais, recolhendo crianças e mães desventuradas, amparando enfermos desvalidos, assegurando a divulgação da Luz Espiritual que dissipa as trevas da ignorância ou garantindo a defesa da verdade contra a mentira.

7 Comentando o Evangelho, segundo os princípios espíritas, não podemos esquecer que o Cristo respeitou os dois vinténs doados pela viúva humilde, em hora de fé.

8 Abençoemos o dinheiro e saibamos empregá-lo na edificação do bem geral, porque todo dinheiro que nos chegue ao caminho, sob a cobertura da paz de consciência, é um amigo que veio trabalhar por nossas mãos, em nome da confiança da vida e da Bondade de Deus.


.Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir