Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Recados da vida — Autores diversos


17


Carta sem endereço

   1 Meu prezado Moacir,

  Num bilhete improvisado,

  Naquele jeito de amigo,

  Você me pede um recado.


   2 Já sei por telepatia

  Na ideia que vai e vem:

  Você deseja notícias

  Do que se passa no Além.


   3 No código da amizade,

  Uma resposta é dever,

  Se o companheiro procura

  O que aspira a saber.


   4 Entretanto, está difícil

  Atender-lhe a confiança,

  Na morte, nada se extingue,

  Mas tudo sofre mudança.


   5 Não me peça novidade,

  Destino é um caso tremendo:

  Porque futuro é o retrato

  Do que se esteja fazendo.


   6 Não esnobe, nem se gabe

  Olhe a vida, sirva e ouça;

  Nunca imitar o macaco

  Que invade casa de louça.


   7 Converse com tolerância,

  Exalte a força do bem,

  Não quebre esperança alguma,

  Nem menospreze a ninguém.


   8 Não desperdice o seu tempo,

  Parado em contras e prós;

  Não busque faltas alheias,

  Lembre as que temos por nós.


   9 Nas lutas de cada dia,

  Guarde calma e não se esquente,

  Receba cada pessoa,

  Assim como se apresente.


   10 Sobretudo, aqui destaco

  A nota a que mais me aplico:

  Ante os problemas dos outros,

  Ponha silêncio no bico.


   11 Quanto ao mais, siga e não tema…

  A morte, quando tem vez,

  Só nos entrega de volta

  Aquilo que a gente fez.


.Jair Presente


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir