Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Registros imortais — F. C. Xavier e outros médiuns do Grupo Meimei — Autores diversos


79


Amor

79ª reunião | 22 de maio de 1958


Presentes: Arnaldo Rocha, Ênio Santos, Elza Vieira, Francisco Gonçalves, Francisco Teixeira de Carvalho, Francisco Cândido Xavier, Laura Nogueira Lima, Geni Pena Xavier, Geraldo Benício Rocha, Edmundo Fontenele, Edite Malaquias Xavier, Neuza Rocha, Hélio Coscarelli, Aderbal Nogueira Lima, Zínia Orsine Pereira, Áurea Gonçalves, Gil de Lima e Waldemar Silva.


Como é agradável amar!

O amor não é apenas o mais belo e suave dos sentimentos, é também a mais luminosa de todas as virtudes!

É pelo amor que adornamos a vida dos mais belos e sublimes atos.

É pelo amor que vencemos as vicissitudes que embaraçam a nossa jornada na vida de experiências necessárias.

É pelo amor que caminhamos ao encontro da dor, solidarizando-nos com os irmãos que trazem sobre os ombros fardos mais pesados que os nossos próprios.

É pelo amor que aconchegamos, bem junto ao coração, a criança que encontramos no caminho da nossa jornada para Jesus, que não conheceu o carinho de mãe nem o amor de pai.

É pelo amor que aprendemos a perdoar.

É pelo amor que aprendemos a abraçar, trazendo, bem junto ao nosso coração, aquelas criaturas que foram denominadas desprezíveis.

É ainda pelo amor que nós aprendemos a admirar o grande cenário da natureza, onde a mão divina, em pinceladas sublimes, deixou-nos quadros ricos do Seu amor, da Sua bondade, do Seu constante interesse pelas Suas criaturas na Terra.

É pelo amor que aprendemos a alcandorar o nosso esforço, reunindo no coração todas as demais virtudes, que serão os degraus daquela escada da citação bíblica, os quais, subindo-os passo a passo, atingiremos os cimos da cordilheira da vida após as lutas necessárias à conquista do Reino de Deus no próprio coração.


.Um irmão



Comunicação recebida pelo médium Gil de Lima, do Grupo Meimei, em Pedro Leopoldo, Minas Gerais.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir