Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Registros imortais — F. C. Xavier e outros médiuns do Grupo Meimei — Autores diversos


78


Na seara do Espírito

78ª reunião | 15 de maio de 1958


Presentes: Arnaldo Rocha, Ênio Santos, Elza Vieira, Francisco Cândido Xavier, Geni Pena Xavier, Francisco Teixeira de Carvalho, Hélio Coscarelli, Edite Malaquias Xavier, Zínia Orsine Pereira, Gil de Lima e Waldemar Silva.


Queridos amigos, nunca nos cansaremos de mencionar a necessidade do nosso coração se familiarizar com o sentimento da simpatia, da amizade, de cordialidade, de amor, na vida de relação.

Uma das grandes, senão maiores, necessidades da sociedade de nossos dias, é exatamente a de esvaziarmos o vaso da vida da vaidade, do orgulho e do egoísmo, para nele somente vibrar os sentimentos enobrecedores da vida moral.

Nós, que nos afeiçoamos à Doutrina consoladora que norteia os nossos destinos, devemos nos preocupar com a necessidade desse saneamento, substituindo hábitos que porventura possam, de qualquer forma, perturbar a nossa marcha evolutiva através dos caminhos, algumas vezes, ásperos, das experiências imprescindíveis. Nosso esforço nesse sentido há de ser uma constante, da qual jamais devemos nos distanciar, para que o objetivo que nos preocupa, no atual estágio evolutivo de nossa vida moral, possa atingir a meta colimada, enriquecendo-nos de experiências renovadas, ao mesmo tempo enchendo-nos de novo vigor para acelerarmos os passos na obtenção de metas mais distantes.

Meus queridos amigos, sem dúvida encontraremos obstáculos que se colocarão diante dos nossos passos em nossa marcha para a realização do Reino de Deus em nosso próprio coração.

Entretanto, urge considerar que os obstáculos são necessários em nossos caminhos como estímulos valiosos que eles representam, exigindo fortalecimento de nossa fé, bem assim o cultivo da esperança vitoriosa, a fim de que em nossa jornada, como servos do Cristo de Deus, possamos, engrandecendo-nos cada vez mais pelo esforço, pela perseverança e pela dedicação chegar ao termo da experiência com alegria no coração e aquela certeza, aquela segurança de que os nossos dias foram bem vividos e que as sugestões amorosas dos nossos maiores foram recolhidas no vaso desse mesmo coração para maior glória de Deus e felicidade de nossos Espíritos.


.Álvaro



Comunicação recebida pelo médium Gil de Lima, do Grupo Meimei, em Pedro Leopoldo, Minas Gerais.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir