Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Registros imortais — F. C. Xavier e outros médiuns do Grupo Meimei — Autores diversos


14


Bendita seja a prece

14ª reunião | 24 de janeiro de 1957


Presentes: Arnaldo Rocha, Ênio Santos, Elza Vieira, Geni Pena Xavier, Francisco Teixeira de Carvalho, Geraldo Benício Rocha, Edmundo Fontenele, Antônio Inácio de Melo, Edite Malaquias Xavier, Aderbal Nogueira Lima, Francisco Cândido Xavier, Francisco Gonçalves e Waldemar Silva.


Valho-me das preces desta noite para dizer-vos minha página de sofrimento. O sofrimento de quem despertou na lousa fria…

A angústia de quem se viu sozinho em plena noite, guardando consigo o espanto e a mágoa…

Via-me tão somente num turbilhão de flores… Flores murchas que me sufocavam, flores mortas que me entonteciam…

Era o sepulcro, com todo o seu cortejo de horrores para quem não se habilitara à ideia de morrer.

De pensamento atormentado, porém, procurei acampar na oração rogando a Jesus me suavizasse o martírio e me aquecesse a alma em cinza…

Ah, meus amigos, desde esse instante doce calor me percorreu o Espírito flagelado pelo frio da sepultura e mãos invisíveis me retiraram do leito de pétalas mortas, transportando-me para vasto jardim em plena natureza, onde o bálsamo das flores vivas me reanimaram o ser!…

Oh, meus irmãos, que um dia conhecereis também a grande passagem, habituai-vos a orar, porque na alegria ou no sofrimento, na vida e na morte, bendita seja a prece!


.Luiz Cândido



Comunicação recebida pelo médium Francisco Gonçalves, do Grupo Meimei, em Pedro Leopoldo, Minas Gerais.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir