Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Poetas redivivos — Autores diversos


104


Reencarnação

  1 Reencarnação é façanha

  Em que a vida se acabrunha.

  A carne nos pega à unha,

  Na treva em que se emaranha.


  2 E surge esta coisa estranha:

  Cada qual é testemunha

  Do passado que se empenha

  Do presente que se apanha.


  3 Feliz de quem se componha

  Na estrada clara e risonha

  Do bem que a salvar se empenha.


  4 Alma que ao corpo se aninha

  Serve, segue e vai na linha

  Ou recua e leva lenha.


.Alfredo Nora


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir