Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Palavras do Infinito — Autores diversos — 3ª Parte


9


Comunismo no Brasil atual significaria anarquia

Se os Espíritos esperam o socialismo cristão, por que motivo Emmanuel não acha o comunismo adaptável no Brasil? Que deveremos então entender por socialismo cristão?


Essas perguntas foram sugeridas ao missivista pela comunicação que Emmanuel nos fizera em maio último, respondendo a consulta nossa.

Manifestara o guia, nessa mensagem, opinião contrária ao estabelecimento de um regime extremista no Brasil.


OS PRIMÓRDIOS DOS NOVOS SISTEMAS POLÍTICOS E SOCIAIS

Foi esta a resposta de Emmanuel à pergunta de agora:

“Quem poderia garantir a exequibilidade do regime comunista no Brasil? Não me expenderei em muitas considerações, porquanto o meu ponto de vista já foi externado, quando fui inquirido a respeito da implantação de um regime extremista no país [v. Uma orientação política para o Brasil]. A Rússia atual representa a experiência realizada à custa de muito sangue, os primórdios dos novos sistemas políticos e sociais, que hão de futuramente vigorar no planeta. Porém, mesmo lá, o que se observa por enquanto, ao lado dos excessos demagógicos, é a inversão dos papéis dentro das classes sociais.


A FRATERNIDADE É AINDA UM MITO

“Os oprimidos de ontem são os senhores de hoje. A fraternidade ainda significa um mito, porquanto o terreno social está cheio das mesmas diferenças de sempre.


DIVERSIDADE DE AMBIENTES A CONSIDERAR

‘Faz-se antes de tudo preciso considerar a diversidade de ambientes.

“As massas populares brasileiras não fazem, por demais, questão de regalias políticas; como um derivado das circunstâncias do meio, fazem questão do trabalho, do salário, do conforto que lhes é devido. Comunismo significa equilíbrio dos sacrifícios do povo, holocausto do homem à coletividade, interesse geral, eliminação de personalidade. Os brasileiros estão preparados para isso? A afirmativa poderia, ao que parece, ser contestada.


APROXIMAÇÃO NECESSÁRIA E INDISPENSÁVEL RENOVAÇÃO DE CÓDIGOS

“Aconselhamos portanto a aproximação do governo e das classes reclamando-se a atenção dos dirigentes do país para as necessidades prementes das massas proletárias. Faz-se mister renovar os códigos da legislação agrária, intensificando a assistência sob todas as modalidades a quantos carecem do seu auxílio.

“As massas trabalhadoras do Brasil reclamam leis que assegurem o conforto que lhes tem sido negado pelos elementos da política administrativa. Que o supérfluo das suntuosidades do Estado seja empregado com o necessário. Intensifique-se a higiene e a escola. A educação necessita ser difundida sob todos os seus aspectos.


A FALTA DOS HOMENS PROVIDENCIAIS

“Comunismo, no Brasil atual, significaria anarquia, porquanto faltam as consciências dos homens providenciais formados no cadinho das experiências penosas. Semelhante estado de coisas, com a propaganda de teorias importadas, como de meios essencialmente diversos da nação brasileira, só poderia anarquizar o país, fazendo-o escravo de potências imperialistas.


MEDIDAS MAIS QUE DEVIDAS

“Cuidem portanto os governantes de melhorar a situação do proletariado com medidas de assistência mais que devidas.

Trabalhai portanto todos vós que anelais um novo estado de evolução no mundo. O progresso se fará, não o duvideis.


O BRASIL E O SOCIALISMO CRISTÃO

“E o Brasil, pelo caráter pacifista de todos os seus filhos, será chamado a colaborar ativamente no edifício do socialismo cristão que representa a renovação de todos os sistemas econômico-sociais à base da compreensão do Evangelho de Jesus. Até lá, quantas lutas assistiremos, quantas conflagrações serão necessárias?

“Só Deus o sabe.

“Laboremos contudo com desprendimento e desinteresse e não vacilemos na fé que devemos possuir em nossos elevados destinos.


.Emmanuel



(De “O GLOBO”, de 1.° de julho de 1935)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir