Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

O Espírito da Verdade — Autores diversos — F. C. Xavier / Waldo Vieira


83


Nossos irmãos

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO — Cap. XII — Item 5


1 Um pensamento de simpatia e de amor para os nossos irmãos que se recuperam!… Muitos são chamados criminosos, mas, em verdade, foram doentes.

2 Sofriam desequilíbrios da alma, que se lhes encravavam no ser, quais moléstias ocultas.

3 Praticaram delitos, sim… Hoje, entretanto, procuram-te a companhia, sonhando renovação.

4 Amaram, ignorando que o afeto deve estar vinculado à harmonia da consciência, e amargaram terrível secura, em labirintos de sombra, a suspirarem agora pelo orvalho da luz.

5 Eram sovinas e sonegavam o pão à boca faminta dos semelhantes; contudo, pretendem contigo o reingresso na escola da caridade.

6 Acreditavam-se em regime de exceção, quando o orgulho lhes assoprava a mentira; no entanto, após resvalarem no erro, refugiam-se em tua fé, anelando refazimento.

7 Renderam-se às tentações e foram pilhados na armadilha do mal; todavia, presentemente, buscam-te os olhos e apertam-te as mãos, ansiando esquecer e recomeçar.

8 Não lhes fites o desacerto. Alimenta-lhes a esperança.

9 Não te animarias a espancar a cabeça de quem estivesse a convalescer, depois da loucura, nem cortarias a pele em cicatrizes recentes.

10 Enfermos graves da alma, todos nós fomos ontem!…

11 Rende, pois, graças a Deus, se já podes prestar auxílio, porque, se chegaste ao grau de restauração em que te encontras, é que, decerto, alguém caminhou pacientemente contigo, com bastante amor de servir e bastante coragem de suportar.


.Albino Teixeira



(Psicografia de Francisco C. Xavier)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir