Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Marcas do caminho — Autores diversos


36


Fala Brasil

   1 Desponta o Século Vinte

  No berçário da Esperança,

  Grita o Céu ao mundo — avança!…

  Pede a Vida — renascer!…

  O Homem — antigo ouvinte,

  Recolhera dos milênios

  A safra de nobres gênios,

  Dumont, Edison, Pasteur…


   2 Repousara no Oriente

  A espada altiva de Togo,

  Havia cessado o fogo

  Aos ímpetos do Japão;

  Rebrilha a Paz renascente…

  Com lâminas de atalaia,

  Os povos juntos em Haya

  Procuram renovação.


   3 No entanto, eis de novo a luta,

  No assalto de Serajevo,

  Retoma o mundo medievo,

  É o ódio empestando o ar…

  Guerra! — é o brado que se escuta

  E ante esse grito violento,

  Sobre cinza e sofrimento,

  O Mundo ordena — marchar!…


   4 O dragão prossegue acima,

  — Catástrofe que se move —

  E o monstro de Trinta e Nove

  Ninguém sabe descrever;

  Grite o solo de Hiroshima,

  Falem as bombas e obuzes,

  Urrando em sinistras luzes,

  Na terra em brasa a tremer.


   5 Mas, no imenso torvelinho,

  O Brasil alto e seguro

  É o crédito do futuro,

  Apoio renovador…

  Ei-lo! — a Nação é caminho

  Que sustenta o Bem por regra

  E o povo unido se integra

  Na segurança do Amor.


   6 Dias torvos vão passando…

  Sem que a treva nos degrade,

  Sobre o País da Bondade

  Fulge o símbolo da cruz!…

  As nações clamam em bando:

  — “Onde encontrar novo abrigo?

  Quem nos salva do perigo?”

  Responde o Brasil: “Jesus”.


.Castro Alves



(C. E. União — São Paulo, Capital, 18.10.1977)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir