Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Maria Dolores — A própria


17


Mensagem da Vida

  1 Perguntas, muitas vezes, de alma dolorida,

  Ante as tribulações e os empeços da vida,

  Que caminho tomar…

  E surge tanta dor, sem que percebas de onde

  Que ouves somente a fé que te apoia e responde:

  Trabalhar, trabalhar…


  2 Entretanto, não chores, nem te aflijas,

  A senda do progresso é de calçadas rijas,

  Duras de atravessar.

  Esquece-te, prossegue e ouvirás com certeza

  A mensagem de luz da natureza:

  Trabalhar, trabalhar…


  3 Fita o machado bronco e o mato inculto,

  Cada golpe no campo lembra insulto

  Mas, no mesmo lugar,

  O lavrador amigo e diligente

  Traz ao solo o convite da semente:

  Trabalhar, trabalhar…


  4 Dizem que toda fonte estimaria

  Viver centralizada na harmonia

  Da nascente a sonhar,

  No entanto, a lei lhe pede olvidar-se, de todo.

  E ela corre cantando, ao varar pedra e lodo:

  Trabalhar, trabalhar…


  5 Tudo seria mágoa e tristeza no mundo,

  Se a vida persistisse em descanso infecundo,

  Dramatizando treva, amargura, pesar…

  Por isso, cada noite espera novo dia

  E o Sol brada no Azul a canção da alegria:

  Trabalhar, trabalhar…


  6 Assim também, alma querida, escuta:

  Quem se consagra ao bem, quem constrói e quem luta,

  Procurando o melhor a servir e esperar,

  Bendiz todas as provas, ao vencê-las,

  Ouvindo a voz dos Céus, através das estrelas:

  Trabalhar, trabalhar…


.Maria Dolores


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir