Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Lira imortal — Autores diversos


6


Dois de novembro

  1 A alma presa das lágrimas terrenas,

  Lembrando a alma que busca o mundo etéreo,

  Hoje espalha na paz do cemitério

  Um dilúvio de rosas e açucenas…


  2 Mas das luzes puríssimas do império

  Das plagas bonançosas e serenas,

  Vimos nós mitigar as vossas penas,

  Na divina jornada do mistério.


  3 O nosso imensurável Campo-Santo

  É toda a Terra, imersa em mágoa e pranto,

  Onde estão nossos mortos soterrados.


  4 No sepulcro da carne apodrecida,

  No turbilhão de lágrimas da vida,

  Entre as sombras da dor e dos pecados!…


.Alphonsus de Guimaraens


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir