Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Estude e viva — Emmanuel / André Luiz — F. C. Xavier / Waldo Vieira


76


Pontos perigosos para os pais

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO — Cap. XIV — Item 9

O LIVRO DOS ESPÍRITOS — Questão 208


1 Desconsiderar a importância do exemplo na escola do lar.

2 Ignorar que os filhos chegam à reencarnação através deles, sem serem deles.

3 Transformar as crianças em bibelôs da família, fugindo de ajudá-las na formação do caráter desde cedo.

4 Ajudar os filhos inconsideradamente tanto quanto sobrecarregá-los de obrigações incompatíveis com a saúde ou a disposição que apresentem.

5 Distanciar-se da assistência necessária aos pequeninos sob pretexto de poderem remunerar empregados dignos, mas incapazes de substituí-los nas responsabilidades que receberam.

6 Desconhecer que os filhos são Espíritos diferentes, portadores da herança moral que guardam em si mesmos, por remanescentes felizes ou infelizes de existências anteriores.

7 Desejar que os filhos lhes sejam satélites, olvidando que eles caminham na trajetória que lhes é peculiar, com pensamentos e atitudes pessoais.

8 Desinteressar-se dos estudos que lhes dizem respeito.

9 Relegar-lhes as mentes às superstições e fantasias, sem prestar-lhes explicações honestas em torno do mundo e da vida.

10 Não lhes pedir trabalho e cooperação na medida das possibilidades.

11 Conceder-lhes mesadas e facilidades, sem espírito de justiça.

12 Incentivá-los à superestimação do próprio valor, sob a desculpa de serem inteligentes.

13 Cultivar preferências.

14 Acolher intrigas.

15 Repreender por simples capricho ou deixar de corrigir quando necessário.

16 Forçá-los a receber preconceitos e tradições.

17 Impor-lhes determinada carreira profissional, sem observar-lhes as tendências.

18 Obrigá-los a casar ou deixar de casar, como também frustrar-lhes a liberdade de escolha da companheira ou do companheiro.

19 Não auxiliá-los na independência de que carecem para seguir a trilha justa.

20 Esquecer que os filhos são associados de experiência e destino, credores ou devedores, amigos ou adversários de encarnações do pretérito próximo ou distante, com os quais nos reencontraremos na Vida Maior, na condição de irmãos uns dos outros, ante a Paternidade de Deus.


.André Luiz


(Psicografia de Waldo Vieira)


TEMAS ESTUDADOS NESTE E NO CAPÍTULO ANTERIOR

Deveres dos pais — Equipe doméstica — Escola do lar — Família e obrigação — Pais terrestres — Reajustamento


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir