Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Estude e viva — Emmanuel / André Luiz — F. C. Xavier / Waldo Vieira


14


Uso e abuso

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO — Cap. XVI — Item 13

O LIVRO DOS ESPÍRITOS — Questão 702


1 O uso é o bom-senso da vida e o metro da caridade.

  Vida sem abuso, consciência tranquila.


2 Uso é moderação em tudo.

  Abuso é desequilíbrio.


3 O uso exprime alegria.

  Do abuso nasce a dor.


4 Existem abusos de tempo, conhecimento e emoção.

  Por isso, muitas vezes, o uso chama-se “abstenção”.


5 O uso cria a reminiscência confortadora.

  O abuso forja a lembrança infeliz.


6 Saber fazer significa saber usar.

Todos os objetos ou aparelhos, atitudes ou circunstâncias exigem uso adequado, sem o que surge o erro.


7 Doença — abuso da saúde.

8 Vício — abuso do hábito.

9 Supérfluo — abuso do necessário.

10 Egoísmo — abuso do direito.

11 Todos os aspectos menos bons da existência constituem abusos.


12 O uso é a lei que constrói.

  O abuso é a exorbitância que desgasta.


13 Eis por que progredir é usar bem os empréstimos de Deus.


.André Luiz


(Psicografia de Waldo Vieira)


TEMAS ESTUDADOS NESTE E NO CAPÍTULO ANTERIOR

Apoio do exemplo — Bens espirituais — Lei do uso — Necessidade do equilíbrio —Propriedade — Prosperidade


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir