Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Antologia dos Imortais — Autores diversos — 2ª Parte


51

Virgílio Quaglio


MUSA INSPIRADORA

  1 Abençoada sejas, lepra santa,

  Que me deste o caminho belo e puro

  A tanta paz, a tanta bênção, tanta, n

  Que choro de alegria ante o futuro!


  2 Se contigo marchei, trazendo a manta

  De ulceração e sombra, em trilho escuro,

  Meu coração agora se levanta

  Qual flor desabrochada no monturo!…


  3 Ó lepra amiga, musa inspiradora!

  Onde iria minhalma se não fora

  O teu gládio de dor que nos consterna?


  4 Deus te abençoe a mão triste e cansada

  Com que me abriste as portas da alvorada

  Para as visões da luz na vida eterna!…


VIRGÍLIO QUAGLIO — Pouco sabemos sobre a vida desse admirável poeta, que teve inscritas algumas de suas produções no jornal O Semeador, órgão da Federação Espírita do Estado de S. Paulo. Iluminado e fortalecido pela Doutrina Espírita, resignadamente levou, até ao fim de sua existência terrena, o carro de sua dolorosa provação. (Monte Alegre, Estado de S. Paulo, 14 de Novembro de 1892 — S. Paulo, SP, 29 de Novembro de 1946.)

BIBLIOGRAFIA: Sementeira de Luz, versos (obra póstuma).



[1] Epímone. — Cf. 1ª nota do cap. 3 da 1ª Parte.


(Psicografia de Waldo Vieira)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir