Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Adeus solidão — Familiares diversos


Prefácio

Adeus, solidão

1 Leitor amigo:

Nas horas de provação e tristeza, não te deixes abater por amargura e desencanto. 2 Sobretudo, nos momentos em que, porventura, te suponhas a sós para solucionar graves problemas ou contornar determinados obstáculos, ante os desafios construtivos da existência, recorda que amigos, hoje domiciliados no Mais Além, te inspiram e te assistem, amparando-te as decisões e caminhos.

3 Este livro despretensioso é uma demonstração do que afirmamos.

4 Aqui, nestas páginas simples, encontrarás o intercâmbio entre criaturas amadas cuja afeição recíproca a morte não conseguiu apagar ou esmaecer.

5 Leiamos estas notícias e recados do Mais Além para a Terra e observaremos que neste volume se destaca a presença da esperança, como a dizer-nos, em nome de Deus e em nome da Vida Imperecível: “Adeus, solidão”.


.Emmanuel


Uberaba, 15 de maio de 1982.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir