Bíblia do Caminho Testamento Redentor

1ª Epístola de S. Pedro  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 2  † 

(Versículos e sumário)

2 Deixando pois toda a malícia e todo o engano, e fingimento e invejas, e toda a sorte de detrações.

2 Como meninos recém-nascidos, desejai o leite racional, sem dolo, para com ele crescerdes  para a salvação.

3 Se é que haveis gostado quão doce é o Senhor( † )

4 Chegai-vos para ele, como para a pedra viva, que os homens tinham sim rejeitado, mas que Deus escolheu e honrou;

5 Também sobre ela vós mesmos, como pedras vivas, sede edificados em casa espiritual, em sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais, que sejam aceitos a Deus por Jesus Cristo.

6 Por cuja causa se acha na Escritura: Eis-aí ponho eu em Sião a principal pedra do ângulo, escolhida, preciosa; e o que crer nela não será confundido. ( † )

7 Ela é pois honra para vós, que credes; mas para os incrédulos a pedra, que os edificantes rejeitaram, esta foi posto por cabeça do ângulo. ( † )

8 E pedra de tropeço, e pedra de escândalo ( † ) para os que tropeçam na palavra, e não creem em quem igualmente foram postos.

9 Mas vós sois a geração escolhida, o sacerdócio real; a gente santa, o povo de aquisição; para que publiqueis as grandezas daquele que das trevas vos chamou à sua maravilhosa luz.

10 Vós, que noutro tempo éreis não povo, ( † ) mas agora sois povo de Deus, vós que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora haveis alcançado misericórdia. ( † )

11 Caríssimos, eu vos rogo como a estrangeiros e peregrinos, que vos abstenhais dos desejos carnais, que combatem contra a alma.

12 Tendo boa conversação entre os gentios; para que assim como agora murmuram de vós, como de malfeitores, considerando-vos por vossas boas obras, glorifiquem a Deus no dia da sua visita.

13 Submetei-vos pois a toda a humana criatura, por amor de Deus; quer seja o rei, como a soberano;

14 Quer aos governadores, como enviados por ele para tomar vingança dos malfeitores, e para louvar dos bons.

15 Porque assim é a vontade de Deus, que obrando bem façais emudecer a ignorância dos homens imprudentes;

16 Como livres, e não tendo a liberdade como véu para encobrir a malícia, mas como servos de Deus.

17 Honrai a todos; amai a irmandade; temei a Deus; respeitai ao rei.

18 Servos, sede obedientes aos vossos senhores com todo o temor, não somente aos bons e moderados, mas também aos de dura condição.

19 Porque isto é uma graça, se algum pelo conhecimento do que deve a Deus sofre moléstias, padecendo injustamente.

20 Porque que glória é se, pecando vós, tendes sofrimento ainda sendo esbofeteados? Mas se fazendo bem, sofreis com paciência; isto é que é agradável diante de Deus.

21 Porque para isto é que vós fostes chamados; posto que Cristo padeceu também por nós, deixando-vos exemplo para que sigais as suas pisadas;

22 O qual não cometeu pecado, nem foi achado engano na sua boca; ( † )

23 O qual, quando o amaldiçoavam, não amaldiçoava; padecendo, não ameaçava; mas se entregava àquele que o julgava injustamente;

24 O qual foi o mesmo que levou os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro; para que mortos aos pecados, vivamos à justiça; por cujas chagas fostes vós sarados. ( † )

25 Porque vós éreis como ovelhas desgarradas, mas agora vos haveis convertido ao pastor e bispo das vossas almas.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir